Desempenho agronômico de genótipos de amendoim tipo runner, visando colheita antecipada

Autores

  • Kennedy Brunno de Brito Martins Programa de Melhoramento do Amendoim – Embrapa, Santo Antônio de Goiás, GO, kennedybrunno22@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-6513-7524
  • Jair Heuert Programa de Melhoramento do Amendoim – Embrapa, Santo Antônio de Goiás, GO, jair.heuert@embrapa.br https://orcid.org/0000-0002-2064-4263
  • Lúcio Lima Rodrigues Discente de Engenharia Básica da UNIP, Goiânia, GO, luciolimarodrigues@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-8087-8854
  • Maxuel Fellipe Nunes Xavier Discente de Agronomia do IFMT Campus São Vicente – Centro de Referência de Campo Verde, Campo Verde, MT, maxuelfellipe90@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-0822-4992
  • Taís de Moraes Falleiro Suassuna Programa de Melhoramento do Amendoim – Embrapa, Santo Antônio de Goiás, GO, tais.suassuna@embrapa.br https://orcid.org/0000-0002-6360-5168

DOI:

https://doi.org/10.17648/sas.v1i1.7

Palavras-chave:

Arachis hypogaea L., Programa de Melhoramento, Precocidade

Resumo

Genótipos de amendoim do tipo runner precoces são determinantes para o cultivo do amendoim em áreas de renovação de cana-de-açúcar. O ensaio foi instalado na área experimental da Embrapa Arroz e Feijão em Santo Antônio de Goiás-GO. O delineamento empregado foi em blocos casualizados, contendo quatro repetições. Os tratamentos constaram de sete linhagens (18-2173 OL, 18-2250 OL, 18-2133 OL, 18-2101 OL, 18-2266 OL, 17-1253 OL e 18-2094 OL) e uma cultivar (BRS 423 OL). A área útil de cada parcela era de 5,4 m2, constituídas por duas linhas de três metros de comprimento, com espaçamento de 0,90 m. As plantas foram invertidas aos 118 dias após a emergência (DAE). Avaliou-se porcentagem de grãos maduros, severidade de mancha preta, massa de 100 grãos e produtividade, observando diferença significativa para todas as variáveis. Todas as linhagens apresentaram maturação dos grãos acima de 70%. As menores notas de severidade de mancha preta foram obtidas nos genótipos 18-2173 OL, 18-2094 OL, BRS 423 OL, 18-2133 OL, 18-2266 OL, 18-2250 OL e 17-1253 OL. Os genótipos 18-2133 OL e 18-2094 OL demonstraram potencial produtivo acima de 7.400 kg.ha-1, quando colhidos antes dos 120 DAE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-10-14

Edição

Seção

Anais do XVII Encontro Sobre a Cultura do Amendoim