Avaliação da qualidade dos índices de vegetação (NDRE e NDVI) para a cultura do amendoim, utilizando cartas de controle

Autores

  • Jarlyson Brunno Costa Souza Mestrando do Programa de Pós Graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”,Jaboticabal, São Paulo – Instituição, jarlyson.brunno@unesp.br https://orcid.org/0000-0001-8556-5665
  • Samira Luns hatum De almeida Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”,Jaboticabal, São Paulo, samiraluns@hotmai.com https://orcid.org/0000-0001-6900-1616
  • Armando Lopes de Brito Filho Mestrando do Programa de Pós Graduação em Agronomia (Ciência do solo) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”,Jaboticabal, São Paulo, armandolopes9@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-8053-0399
  • Franciele Morlin Carneiro Pós-Doutorando do Programa de Pós Graduação em Agronomia – Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”,Jaboticabal, São Paulo, franmorlin1@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-0117-7468
  • Adão Felipe do Santos Pós-Doutorando do Programa de Pós Graduação em Agronomia – Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”,Jaboticabal, São Paulo, adaofeliped@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-3405-5360
  • Rouverson Pereira Prof. Dr. Livre Docente da Unesp/FCAV rouverson@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-8852-2548

DOI:

https://doi.org/10.17648/sas.v1i1.95

Palavras-chave:

sensoriamento remoto, agricultura de precisão, OptRx

Resumo

O amendoim é considerado dentre as leguminosas uma das mais importantes, não só pela sua expressão econômica como também nutricionalmente. Técnicas de sensoriamento remoto aparecem como instrumento de elevado potencial, para auxiliar no desenvolvimento da cultura do amendoim. Diante disto, objetivou-se avaliar qual índice de vegetação possuem melhor qualidade para o monitoramento da cultura do amendoim. O experimento foi realizado em Fazenda comercial localizada em Dumont no Estado de São Paulo. O delineamento experimental foi baseado nas premissas do Controle Estatístico de Qualidade (CEQ) (Montgomery, 2009) contendo 30 pontos amostrais com malha 30 x 30 m. As avaliações foram realizadas durante o desenvolvimento da cultura aos 45, 65, 75 e 85 dias após a semeadura (DAS). Foram avaliados os índices de vegetação (IVs) NDVI e NDRE, com o auxílio dos sensores de dossel GreenSeeker e OptRX.  A análise da variabilidade da reflectância e dos IVs da cultura do amendoim foi realizada por meio de cartas de controle de valores individuais. O agrupamento dos dados observado aos 45 DAS, apresentou amplitude de variação maior no NDVI. Em 75 e 85 dias após a semeadura (DAS), o agrupamento dos valores para o NDVI pode ser constatado pela proximidade dos pontos em relação à média, na carta de valores individuais, ou seja, houve baixa variabilidade da aquisição dos dados. Foi observado que o índice NDRE apresentou maior qualidade do processo por ter menor variabilidade. Outro fator constatado, foi que o reflectância do solo não influenciou não qualidade do processo como aconteceu com o NDVI, que teve uma alta variabilidade em decorrência da exposição do solo, o que demonstra que o NDRE obteve uma maior qualidade no processo para os 45 DAS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-10-14

Edição

Seção

Anais do XVII Encontro Sobre a Cultura do Amendoim