Influência da época de semeadura nas características agronômicas de cultivares de amendoim nas condições de Sorriso-MT

Autores

  • Dácio Olibone Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT https://orcid.org/0000-0001-8900-1023
  • Marianitha Mariano Silva Duarte Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT. https://orcid.org/0000-0001-7875-7917
  • Jair Heuert Programa de Melhoramento do Amendoim-Embrapa https://orcid.org/0000-0002-2064-4263
  • Fabio Pedro Werner Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT
  • Ana Paula Encide Olibone Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT https://orcid.org/0000-0002-8369-0865
  • Laerte Gustavo Pivetta Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT

DOI:

https://doi.org/10.52755/sas.v2iedesp2.144

Palavras-chave:

Arachis hypogaea L., Épocas, Produtividade, Amendoim no Mato Grosso

Resumo

Estudos recentes com amendoim têm demonstrado boa adaptação ao cultivo e elevado potencial produtivo nas condições de Sorriso. Contudo, ainda se faz necessário mais estudos para definição da melhor época de semeadura tendo em vista as possíveis variações climáticas locais. O presente trabalho objetivou estudar a produção de cinco cultivares de amendoim submetidos a diferentes épocas de semeadura no município de Sorriso. O experimento foi conduzido em área experimental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFMT Campus Sorriso, localizado no município de Sorriso-MT. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, cada tratamento com 4 repetições, em esquema fatorial 5x5, sendo 5 épocas de semeadura (07/11/2020, 28/11/2020, 19/12/2020, 09/01/2021 e 30/01/2021) e 5 cultivares (BRS 421 OL, BRS 423 OL, BRS 425 OL, EC 98 AO e Granoleico). As parcelas foram compostas por 4 linhas espaçadas 0,90 m entre elas com 4 m de comprimento, considerando-se 1 linha de cada extremidade como bordadura e 2 linhas centrais como área útil, desprezando-se 1,0 m de cada extremidade. A colheita foi realizada manualmente aos 142, 143, 143, 121 e 108 dias após o plantio, para cada época, respectivamente. As variáveis massa de 100 grãos, rendimento de grãos e produtividade de amendoim em vagens foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias dos tratamentos foram agrupados pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Nas condições experimentais em que foi desenvolvida esta pesquisa, pode-se concluir que no ano agrícola de 2020/21 no município de Sorriso, as maiores produtividades do amendoim foram obtidas nas semeaduras de novembro e não houve diferença entre as cultivares em relação as épocas. A massa de 100 grãos diminuiu significativamente, para as cultivares BRS 421 OL e EC 98 AO quando se semeou a partir de 28 de novembro. A BRS 421 OL foi a cultivar que apresentou a maior massa de 100 grãos quando semeada ente 07 de novembro e 19 de dezembro. No rendimento de grãos a BRS 421 OL, BRS 423 OL e BRS 425 OL, resultaram nas maiores massas nas três primeiras épocas de semeadura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dácio Olibone, Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT. E-mail: dacio.olibone@srs.ifmt.edu.br.

Marianitha Mariano Silva Duarte, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT.

Discente de Engenharia Agronômica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT. E-mail: marianithamariano@gmail.com.

Fabio Pedro Werner , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT

Discente de Engenharia Agronômica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT. E-mail: fabiowerner1@gmail.com.

Ana Paula Encide Olibone, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT

Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, Sorriso, MT. E-mail:  ana.olibone@srs.ifmt.edu.br.

Publicado

2021-10-22