Seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura do amendoim

Autores

  • Mateus Ferrari Gomes Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP https://orcid.org/0000-0003-3000-104X
  • Willians César Carrega Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP https://orcid.org/0000-0001-7722-8765
  • Ana Eliza Piazentine Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP https://orcid.org/0000-0001-7757-9338
  • Mayra Eduarda Araújo de Souza Faculdade São Luís - Jaboticabal, SP. https://orcid.org/0000-0002-0012-1932
  • Pedro Luís da Costa Aguiar Alves Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP

Palavras-chave:

Arachis hypogaea L., Fitotoxicidade , Manejo, Plantas Daninhas, Produtividade

Resumo

A convivência das plantas daninhas com a cultura do amendoim afeta o crescimento e desenvolvimento da cultura, podendo causar perdas na produtividade superiores a 80%. Assim, objetivou-se avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura do amendoim. O experimento foi conduzido em delineamento experimental em blocos casualizados, tendo como tratamentos a aplicação de 24 herbicidas: imazetapic, s-metalocloro, flumioxazin, diclosulan, fomesafem, clorimuron, sulfentrazone, lactofen, imazetapir, paraquat, 2,4-d, fluazifop, haloxyfop, halossulfurom, quizalofope, clomazone, saflufenacil, metribuzin, etoxissulfurom, cloransulam-metílico, bentazona, mesotriona, clorimuron, triclopir, em pós-emergência das plantas daninhas e uma testemunha (sem aplicação de herbicidas), com 4 repetições. Foram realizadas, quinzenalmente, dos 7 aos 77 dias após a aplicação (DAA), avaliações de fitointoxicação do amendoim e, aos 140 dias após a semeadura, foi determinada a produtividade de vagens da cultivar de amendoim Granoleico. Os dados obtidos foram submetidos a análise de variância pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Constatou-se que os herbicidas sulfentrazone, paraquat, 2,4-D, clomazone, etoxissulfuron e triclopir proporcionaram os maiores sintomas de intoxicação nas plantas e, os dois últimos, as menores produtividades de vagens do amendoim. Com base nesses resultados, concluiu-se que os herbicidas imazapic, s-metalochor, flumioxazin, diclosulan, fomesafem, clorimuron, sulfentrazone, lactofen, imazetapir, fluazifop, haloxyfop, halossulfurom, quizalofope, clomazone, saflufenacil, metribuzin, cloransulam-metílico, bentazona, mesotriona, clorimuron foram seletivos para a cultivar de amendoim Granoleico. Etoxissulfurom, triclopir, paraquat, 2,4-D, nas doses e cultivar utilizados não são recomendados para aplicação em pós-emergência da cultura do amendoim.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Ferrari Gomes, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP

Graduando em Agronomia – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP. E-mail: ferrari-gomes@outlook.com.

Willians César Carrega, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP

Doutor em Produção Vegetal – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP.  E-mail: willianscesar@hotmail.com.  

Ana Eliza Piazentine, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP

Mestra em Agronomia (Produção Vegetal) – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP. E-mail:elizapiazentine@hotmail.com, https://orcid.org/0000-0001-7757-9338

Mayra Eduarda Araújo de Souza , Faculdade São Luís - Jaboticabal, SP.

Graduanda em Ciências Biológicas – Faculdade São Luís. E-mail: mayra.ea.souza@gmail.com.

Pedro Luís da Costa Aguiar Alves, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP

Doutor em Biologia Vegetal – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP. E-mail: plalves@fcav.unesp.br

Publicado

2021-12-16